Posso ter animais de estimação no apartamento?

animais de estimação

Algumas pessoas não abrem mão de viver em um lar espaçoso. Outras se adaptam com facilidade a apartamentos compactos, muito comuns nos grandes centros urbanos. E quanto aos animais de estimação, será que o tamanho do lugar faz diferença para eles?

Faz sim. O que não quer dizer que seu bichinho não pode viver em um apartamento, mas sim que, vivendo em um espaço apertado, é preciso ter cuidados especiais para preservar seu bem-estar.

Se não falamos a mesma língua — embora muitos donos de pets juram que se comunicam melhor com eles do que com outras pessoas —, podemos observar nos animais sinais de depressão e estresse, condições que não são exclusivas de humanos e indicam que alguma de suas necessidades não está sendo bem suprida.

Quais são essas necessidades? A seguir, vamos falar um pouco sobre as principais.

Principais necessidades dos animais de estimação

Alimentação e saúde

O básico do básico é garantir que o pet sempre tenha água e comida disponíveis. Quanto à comida, descobrir qual alimento é mais adequado é uma tarefa à parte, que deve considerar a espécie, raça e preferências do animal.

Também é fundamental que essas fontes de água e alimento estejam limpas, para que o bichinho não seja contaminado com parasitas e outros organismos que causam doenças no sistema digestório. Ah, não esqueça de manter sempre as vacinas em dia.

Espaço

Quanto maior é o animal, maior sua necessidade de espaço, claro. Especialmente os cachorros de maior porte precisam de mais espaço para andar, correr e pular. Um claro sinal de que eles se sentem desconfortáveis com o aperto do local é quando eles adquirem o hábito de roer o próprio rabo e as patinhas.

Sol

Animais de estimação que vivem em apartamento também podem sofrer problemas — especialmente na pelagem — por conta da baixa exposição à luz solar. Para evitar que isso ocorra, basta aumentar a frequência e duração dos passeios ao ar livre durante o dia.

Diversão e convivência

Outra necessidade dos animais de estimação é a convivência, tanto com seus semelhantes quanto com seu dono. Ele precisa socializar e brincar. Se você sai para trabalhar e deixa o pet sozinho em casa por bastante tempo, quando voltar compense dando a ele muita atenção e utilizando seus brinquedinhos preferidos.

Passeio

Quanto mais você levar seu animal de estimação para passear, melhor. É o remédio mais efetivo contra os problemas que falamos antes: falta de espaço, de exposição ao sol, de convivência com outros animais e de diversão.

Cães ou gatos?

Geralmente, os gatos são vistos como animais de estimação ideais para quem quer uma companhia de outra espécie em um apartamento. De fato, os felinos costumam ser bem menores que os cachorros, além de serem mais independentes, adaptando-se melhor à solidão e ao espaço reduzido.

Atenção aqui: isso não quer dizer que eles também não possam ficar deprimidos. Portanto, as necessidades que listamos anteriormente valem também para os gatos.

Quanto aos cães, há alguns que são tão pequenos (ou quase) quanto um gato. Se o seu for maior, basta compensar levando-o para passear várias vezes. Portanto, não há problema nenhum em preferir uma companhia canina.

Outras espécies

E quanto às demais espécies, como aves, peixes, tartarugas, hamster e outros pets menos comuns? O primeiro cuidado é adotar esses bichinhos de forma legal, de fontes aprovadas pelo Ibama, para não contribuir com o tráfico de animais. Depois procure saber tudo e mais um pouco sobre os cuidados específicos que eles demandam.

Seja qual for a espécie, carinho e dedicação não podem faltar e nunca são demais. Aliás, voltando aos cães e gatos, ONGs de cuidados com os animais estão cheias de bichinhos disponíveis para adoção, doidos para viver com um dono amoroso. A dica final é, portanto, considerar a adoção responsável como primeira opção.

A partir daí, garanta o bem-estar do seu animal de estimação e tenha certeza de que você estará contribuindo para o seu próprio.

Quer saber mais sobre o que pode, ou que não pode, o que deve e o que não deve ao manter animais de estimação em um apartamento? Deixe um comentário abaixo ou entre em contato conosco.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *