Quando é uma boa ter um síndico profissional?

sindico profissional

O síndico é quem representa os interesses dos moradores de um edifício. Embora ele tenha uma longa lista de atribuições, ainda é visto por muitos moradores como a pessoa responsável por resolver problemas. É ao síndico que todos correm quando algo dá errado. Por isso, quem ocupa essa posição precisa de bastante jogo de cintura, deve ser um síndico profissional.

Em alguns prédios, especialmente aqueles com um grande número de condôminos ou de serviços, as responsabilidades que recaem sobre o síndico são muitas, tornando a administração do condomínio praticamente um trabalho. É por isso que existe o síndico profissional.

Mas o que faz um síndico?

As competências do síndico estão listadas no artigo 1.348 do Código Civil. São elas:

  1. Convocar a assembléia dos condôminos;
  2. Representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns;
  3. Dar imediato conhecimento à assembléia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio;
  4. Cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembléia;
  5. Diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores;
  6. Elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;
  7. Cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas;
  8. Prestar contas à assembléia, anualmente e quando exigidas;
  9. Realizar o seguro da edificação.

Essas competências se desdobram em várias atribuições, claro. A número 5, por exemplo, inclui a contratação de profissionais para manutenção, limpeza e outros serviços importantes no dia a dia ou em eventualidades. Quando uma competência não é cumprida adequadamente, o síndico pode até ser responsabilizado civil ou criminalmente.

Vale destacar que o síndico — profissional ou não — não tem poderes, e sim responsabilidades. O poder é de todos os condôminos, e a assembleia é o ambiente em que eles o exercem. No exemplo que citamos antes, se a contratação de um profissional tiver impacto no valor da mensalidade, os moradores terão de aprovar a medida.

Qual o problema com o síndico morador?

Há muitos edifícios em que o síndico é um morador eleito pelos demais condôminos em assembleia e tudo acontece na mais perfeita ordem, sem grandes queixas. Como ele mora no prédio, está sempre lá, atende às necessidades com agilidade e conhece todas as particularidades do condomínio.

Mas existem também cenários diferentes. Por exemplo:

  • Nenhum morador quer assumir a responsabilidade de ser síndico.
  • Nenhum morador tem tempo suficiente na agenda para se dedicar de maneira satisfatória a todas as demandas.
  • Nenhum morador possui as características necessárias.

Quanto às características, elas não são apenas administrativas e técnicas. Elas também precisam ser sociais, pois o síndico atua muito na resolução de conflitos. Ele tem de ser imparcial, transparente e comunicativo e não pode beneficiar um morador em detrimento de outro por conta de amizades e inimizades. No fundo, mesmo o síndico morador tem de ser bastante profissional.

Vantagens do síndico profissional

Entendeu a complexidade da posição? Por isso tudo, o síndico profissional, contratado especificamente para administrar o edifício, é a melhor opção na maioria dos casos. Ele estará sempre preparado e disponível para atender às necessidades operacionais e administrativas do condomínio.

O síndico profissional é um dos serviços disponíveis para quem deixa a administração do condomínio a cargo da Casarão Imóveis. O profissional contratado vai garantir:

  • Gestão totalmente segura e transparente;
  • Conhecimento das normas regulatórias;
  • Controle e economia de custos;
  • Intermediação de discussões e conflitos com total imparcialidade;
  • Promoção da vida útil de bens e estrutura predial.

Outros serviços da Casarão para os condomínios são assessoria administrativa, contábil, financeira e jurídica; plantão 24 horas; gestão de pessoas; débito em conta; ambiente online para clientes e aplicativo para smartphone.

A imobiliária administra condomínios particulares há mais de 30 anos. Atualmente, são 178 condomínios administrados, distribuídos nas regiões de Pelotas, Rio Grande e Santa Maria. É garantia total de praticidade, transparência e eficiência.

Quer saber como aproveitar todas essas vantagens em seu condomínio? Fale conosco. Se tiver dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário abaixo.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *