Aqui tem um lugar para você

Perdendo o medo: como financiar um imóvel pelo Minha Casa Minha Vida 6


No cenário atual, em que todo mundo fala em quarentena e home office, a gente percebe a importância do lar e da segurança que o patrimônio pode trazer. Em momentos assim, vale relembrar que o sonho da casa própria pode estar bem mais perto do que você imagina.

Você já deve saber que o Minha Casa Minha Vida é um dos principais caminhos para alcançar esse objetivo, certo?

Neste artigo, vamos falar sobre as regras e processos desse programa habitacional do governo federal e tirar algumas das dúvidas mais comuns sobre os financiamentos habitacionais.

Então continue lendo e descubra que comprar uma casa ou apartamento não é tão complicado assim.

Eu consigo financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida?

De acordo com Adriane Silveira, supervisora do Minha Casa Minha Vida e subgerente dos financiamentos na Casarão Imóveis, é comum receber clientes que não acreditam na própria capacidade de pagamento e pensam ser muito difícil comprar uma casa ou apartamento.

“A dificuldade não é tão grande assim. Tem que acreditar que vai dar certo e ser organizado financeiramente“, esclarece.

Isso vale até mesmo para um trabalhador autônomo, que tem atividade profissional, mas sem carteira assinada. “Se ele tiver fatura de cartão de crédito e conta de internet e telefone em seu nome, já tem os primeiros pré-requisitos para tentar a aprovação do crédito”, afirma.

A comprovação de renda, nesse caso, é feita a partir dos extratos bancários. Para entender melhor, leia nosso artigo sobre como os trabalhadores autônomos podem financiar um imóvel pelo Minha Casa Minha Vida.

Como aumentar a chance do financiamento ser aprovado

Adriane acrescenta que, para que o financiamento seja aprovado pela Caixa, o cliente precisa estar com o CPF em dia, isto é, não constar em nenhum cadastro restritivo, como o SPC ou Serasa.

Um dos critérios decisivos para a aceitação ou rejeição do negócio é a consulta ao score, que nada mais é que uma pontuação de crédito, que indica se a pessoa tem pago seus compromissos financeiros em dia.

Caso a pontuação vinculada ao seu CPF esteja baixa, não é nada que não possa ser revertido.

É só seguir as dicas de Adriane Silveira, da Casarão Imóveis:

  • Procure pagar suas contas em dia, mesmo que o atraso não gere uma multa significativa;
  • Sabe quando você compra algo no supermercado ou farmácia e a pessoa do caixa pergunta se você quer inserir seu CPF na nota fiscal? Fazendo isso, o sistema entende que você está sempre pagando pelo bem adquirido;
  • Se você já tiver uma conta corrente, poupança, cartão de crédito ou seguro na Caixa, seu histórico como cliente do banco pode contar pontos a favor.

Atendimento personalizado para descomplicar o financiamento

Além de subestimar a própria capacidade de pagamento, é comum encontrar gente que sequer tenta financiar um apartamento ou casa pelo Minha Casa Minha Vida, pois pensa que a burocracia é complexa demais.

O que essas pessoas não sabem é que elas não precisam fazer tudo sozinhas. A Casarão Imóveis conta com um correspondente bancário credenciado Caixa Aqui, garantindo o suporte necessário para quem quer iniciar o processo de financiamento habitacional com total confiança e segurança.

Leia nosso artigo especial sobre o assunto para entender melhor as vantagens do Caixa Aqui.

Também temos uma construtora parceira, que auxilia no parcelamento da entrada e garante outros benefícios para o cliente.

O cenário pode ser de crise, mas isso não significa que não é o momento certo para financiar um imóvel. Sempre vai ser possível olhar para a instabilidade da economia e arranjar desculpas — mas não deixe que isso afaste você de seu sonho.

Também tem o sonho de comprar seu imóvel? O que achou das nossas dicas? Conseguir um bom financiamento pelo Minha Casa Minha Vida não é tão complicado quanto parece. Mas se ainda tiver dúvidas, deixe um comentário abaixo ou fale conosco!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Perdendo o medo: como financiar um imóvel pelo Minha Casa Minha Vida